terça-feira, 20 de outubro de 2009

Tres dias em Pequim (1a parte)





Bom dia Pequim!!

São 8:30h (horas locais) e acabámos de chegar a Pequim. O aeroporto de Norman Foster é a primeira impressão de grandeza do país, onde nos sentimos minusculos e insignificantes. Com a segurança apertada e uma politica de saúde que se sobressaía, até camara para medir temperatura corporea havia... tudo para controlara gripe suína. O aeroporto é tao extenso que foi preciso apanharmos o tram até outro terminal para apanharmos as malas. Felizmente nao faltava nenhuma e à nossa espera estava um chinoca com um cartaz... era o nosso motorista! =)
Uma hora mais tarde e estavamos no "Red Lantern House" o nosso hotel durante as tres noites.

Sem dormir mas com muita vontade de aproveitar o tempo e ver o máximo possivel, só pousámos as coisas nos quartos e seguimos caminho. Minha nossa!!! que cidade enorme e caótica! O mais fácil é usar o taxi, mas é preciso mostrar sempre o destino escrito em chinês, ja que ninguém fala inglês! Custa em 10 a 20 Yuangs cada viagem dentro da cidade Ou entao o metro a 2 Yuangs. Uma dica, nunca compres mais que uma viagem em cada estação porque elas so são válidas nessa estação! lol
Directos à praça de Tianamen, fomos ver o Capital Museum e o Beijing Townplanning Exhibition.
Nessa tarde fomos almoçar/jantar perto do hotel "Pato à Pequim", uma palavra... óptimo! Foram três patos, todas as partes e de todas as formas. A carne assada, os ossos panados, a canja, as costelas fritas... muito bom mesmo. E depois a boa noticia, "Knud: Bem vindos à China, este jantar é pela NTNU!" =D

Mesmo cansados nao resitimos a uma cervejinha no pátio e a uma boa discussão sobre arquitectura, para variar...
Boa noite

Sem comentários:

Enviar um comentário